domingo, 14 de dezembro de 2014

#57 - WERTHER

O amor impossível de Werther por Charlotte (ou talvez os amores impossíveis de Werther e Charlotte). A intemperança, a melancolia que a contrariedade amorosa opera no protagonista, a que se junta a volubilidade dos estados de alma do indivíduo permeável pela Natureza, tornando-o presa de melancolia e paixão irracional e disruptora das convenções sociais, cujo desfecho terá forçosamente de fazer face a essa tensa comoção permanente em que vive.   4****

ficha:
Autor: J. W. Goethe
título: Werther
tradução: João Barreira
colecção: «Livros RTP / Biblioteca Básica Verbo» #8
editora: Editorial Verbo
local: s.l.
ano: s.d.
impressão: Gris Impressores, Lisboa
págs.: 188

2 comentários:

  1. Gostei tanto desse livro!

    Boas leituras

    ResponderEliminar
  2. Olá, Denise :|

    Ando com vontade de ler o «Lotte em Weimar», do Thomas Mann.

    Um abraço

    ResponderEliminar