segunda-feira, 24 de outubro de 2016

da reportagem portuguesa

1. Fialho de Almeida, «Alexandre Herculano», Figuras de Destaque (póstumo, 1924): 
«Chego a Santarém pelas 11 horas da manhã.»



sábado, 1 de outubro de 2016

fui às compras

8 Sonetos de Nunes Claro, Sintra, Câmara Municipal [1965].
Capitais da Solidão, de Rui Pires Cabral, Vila Real, Teatro de Vila Real, 2006.
Livros Proibidos, de Domingos Monteiro, Lisboa, Sociedade de Expansão Cultural, 1974.
Máximas e Mínimas do Barão de Itararé, edição de Afonso Félix de Sousa, 2.^ed., Rio de Janeiro, Record, 1986
Meridianos Críticos (Segunda Série), de Manuel Anselmo, Lisboa, Portugália Editora, 1950.
Muito, Menos, de Rui Almeida, Lajes do Pico, Companhia das Ilhas, 2016.
Quiçe Mi Lá Buche, de António Miranda, Lisboa, Tea For One, 2015.
Soeiro Pereira Gomes e o Futuro do Realismo em Portugal, de Álvaro Pina, Lisboa, Editorial Caminho, 1977.